Translate

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

QUERER PAZ ONDE A JUSTIÇA NUNCA EXISTIU.

Rapper Pirata

Existe algo perverso no espirito do brasileiro, a sua vontade de PUNIR para se fazer JUSTIÇA, como isso fosse resolver os problemas que faria essa sociedade ser democrática de fato. Em razão deste tipo de pensamento, não é difícil dizer que vivemos na sociedade mais violenta do mundo, a que mascara-se em um país da paz branca que não aceita as outras cores. Os defensores dessa punição sempre são contra o outro e não contra si; geralmente esse outro é preto, pobre, periférico, nordestino, sulamericano, africano, mulher, criança, adolescente, comunista, petista, socialista, nativo (índio), cigano, sem teto, sem terra, morador em condição de rua. Será que todos os problemas se resolvem com multas, prisões, mortes e castigos? Isso não são formas para domesticar o ser humano para interesses de grupos?

Nenhum comentário: