Translate

terça-feira, 19 de abril de 2016

PAVILHÃO NOVE EM ATO RAP DE UM ANO CONTRA OS CRIMES DA CHACINA DO DIA 18 DE ABRIL DE 2015.

RAPPER PIRATA

Ontem segunda feira, 18/04/2016, na Praça da Sé da cidade de São Paulo, em frente a igreja foi colocado um carro de som e diversas faixas Contra o Genocídio da Juventude Preta, Pobre e Periférica em protesto contra as falhas na apuração dos crimes ocorrido na quadra da torcida Pavilhão Nove, que era localizada debaixo da Ponte Vila do Remédios. Lá houve oito assassinatos de oitos torcedores: André, Du Memo, Edilsinho, Ferraz, Jhow, Markinho, Quadrilha e Mydras.,essa ação fora causada por funcionário público que atuam na policia militar do estado de São Paulo.

Nessa segunda se fez um ano da chacina, a qual policiais estão sendo inocentados pelo promotor Zagallo que defende as instituição do estado e não as vítimas, ele ignora que esses policiais são réus, o promotor tem praticado uma justiça que deixa as familias que são as vitimas o gosto de injustiça em sua garganta.
A Torcida Pavilhão Nove junto com o Forum Hip Hop MSP. Comite Contra o Genocídio da Juventude Preta, Pobre e Periférica , grupo Tortura Nunca Mais junto com os familiares realizaram um protesto que durou quatro horas na busca de justiça.

Houveram alem da falas de protesto, hinos e apresentação de diversos grupos de rap que formam o Forum quanto ao movimento hip hop da cidade de São Paulo.

forumhiphopeopoderpublico.blogspot.com.br








Nenhum comentário: