Translate

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014


O HIP HOP PAULISTANO SAI A FRENTE MAIS UMA VEZ.

RAPPER PIRATA

 

Hoje vivemos em uma sociedade que minorias negam a participação da maioria no direcionamento dos rumos dela; então aqueles que rogam diariamente  que lutaram na década de 70 na ditadura militar civil, hoje são violentos na execução da administração do estado contra os(as) pretos(as) pobres e periféricos(as), para condicioná-los(las) aos seus interesses de grupos, seja clãs maçônicos  ou partidos. Já o movimento hip hop fenômeno recente na política brasileira utiliza-se da Lei da Semana de Hip Hop para manter a participação social. O projeto “SEMANA DE HIP HOP 2014 -10 ANOS DE RESISTÊNCIA NEGRA E PERIFÉRICA DAS RUAS PARA A CULTURA EM MOVIMENTO”  fora e será executado por muitos(as), desde de pessoas que estão dentro da prefeitura de São Paulo como a sociedade civil periférica, essa ação dá o sentido perdido nos rumos do Brasil referente a participar e não somente fazer parte. A forma do pensar político hoje  prefere alienar seu povo pela mídia, do que dialogar e encontrar soluções dos conflitos que traz ao individuo(as), esse que te quem viver em coletividade com outros(as) socialmente.

 

SEMANA DE HIP HOP MUNICIPAL SP 2014 da maioria do movimento hip hop preto e periférico.

 

http://forumhiphopeopoderpublico.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: