Translate

sábado, 26 de janeiro de 2013


Sobre as Plenárias

Zona Oeste - Perus
Organização;
>Morgana (Loucos De La Mente)
>Chainane (Odisséia das Flores)
>Clevinho  (Nuscorre)

LOCAL - COMUNIDADE CULTURAL QUILOMBAQUE.
TRAVESSA CAMBARATIBA N º 05, AO LADO DA ESTAÇÃO DE TREM DE PERUS
INFORMAÇÕES: 3917- 3012 – 98822-6130.
A data prevista 01/-2/2013.



Zona Sul - Sto. Amaro
Organização;
>Miguel
>Luiz
>Kurtz
Local - Praça Dr. Francisco Ferreira Lopes, 434
(altura do n.º 820 da av. João Dias / em frente a Biblioteca)
São Paulo - SP - CEP 04751-070
Telefax: (11) 5522-8897 / Telecom: (11) 5691-0164
Data 3/2

Zona Leste (1) - Cidade Tiradentes
Organização:
>Força Ativa
Local -Rua dos têxteis, 1050, Cidade Tiradentes
Data 2/2


Zona Leste (2) - Jd. Helena
Organização;
>J.P (MH2o)
>Alex(CDR. MC'S)
>Elias(CDR. MC'S)
Local - Praça da Estação, Jd. Helena
prx a estação do de trem
data 02/02/2013



ATA DA REUNIÃO DO FÓRUM DE HIP HOP 24/01

Presentes

Elia Martins (CDR MC’S), Alex Ap, Chokito, Morgana, Jô Maloupas (ODISSÉIA DAS FLORES), Chaiane S. da Silva (ODISSÉIA DAS FLORES),
Fernando Negotinho (Rima Fatal),
J.P (MH20 – SP), Kurts (ZAPP COVER)
Rafael Sampaio (Fino DFlow), Camila,
Milka, Miguel,  (CDR MC’S), (NUSCORRE), (LOUCOS DE LA MENTE),

Rapper Pirata – Informe do ato de amanhã (24/01) na Praça da Sé contra o genocídio da juventude negra, pobre e periférica.

J.P – Informe do racismo institucionalizado em Campinas (http://
www.pragmatismopolitico.com.br/2013/01/ordem-e-abordar-individuos-negros-
e-pardos.html), e de possível grupo extermínio surpreso em Interlagos (http://
tvuol.uol.com.br/assistir.htm?video=policiais-de-folga-sao-baleados-em-sao-paulo-
0402CD1A3866D8914326) assim como do trabalho do Comitê Contra o Genocídio da
Juventude Negra, Pobre e Periférica.

Pirata – Falou do trabalho do Fórum de Hip Hop com a temática do genocídio, e da proposta dessa temática para a Semana de Hip Hop. Atenção com as ações da  Coordenadoria a Juventude para não ser como a gestões  anteriores.

Jô Maloupas – É necessário unidade para o diálogo com o coordenador visando
garantir nossa legitimidade.

Pirata – Acrescentou a importância da unidade no processo. Precisamos articular nossa demanda pela ampliação do orçamento da Semana de Hip Hop (atuais 100 mil) tendo em vista que esse valor só cobre a estrutura do evento. Pensar em 250 mil para o próximo ano, projeto da Casa de Hip Hop e o Prêmio Sabotage.

Rafael – Questionou qual o papel do poder público na Semana.

J.P – Falou da lei que institui a Semana de Hip Hop (13.924 DE 22 DE NOVEMBRO
DE 2004) e dos atravessamentos com as diferentes gestões, a estrutura do Fórum e a proposta construída conjuntamente.

Chaiane, Kurts, Jô e Fernando – Falaram dos problemas que ocorreram com a
desinformação dos participantes e da importância das plenárias e das reuniões do Fórum no processo.

Morgana – Devemos ser incisivos na questão da conscientização para buscar cada vez mais pessoas ao Fórum, questionou ainda a possibilidade de realizar a plenária em também outras regiões da sul.


Kurts – Explicou que o Sto. Amaro é o melhor local para acessibilidade para quem mora na zona sul.

Fernando – Falou da importância de utilizar o Fórum como articulador das ações do movimento, garantindo a oportunidade dos setores que acabam excluídos nas articulações verticais da via institucional.

Nenhum comentário: