Translate

terça-feira, 7 de agosto de 2012

CAMPANHA CONTRA O GENOCIDIO DA JUVENTUDE NEGRA


próximo encontro será na Ação Educativa, rua General Jardim 660, no dia 15 de agosto, quarta feira, às 18:30 horas.

Estamos abertos a comentários e sugestões.

Principais decisões e encaminhamentos:

·          A adesão da Campanha se dará na assinatura das organizações, grupos e pessoas físicas do texto/manifesto da Campanha.
·         Esse texto será construído colaborativamente:
a. com uma listagem inicial de reivindicações sobre a política de segurança pública do estado e do município de São Paulo.
b. a partir da listagem será criada uma pesquisa para que as pessoas apontem as prioridades e possamos saber quais os pontos aonde há maior apoio/ consenso. A pesquisa também servirá para divulgar a campanha e envolver as pessoas.
c. A partir da pesquisa a comissão fechará um texto que possa ser abrangente e que indique quais as principais mudanças que são necessárias na política de segurança para o fim da morte e agressão sistemática de jovens negros por agentes dos governos (polícias, GCMs e outros).
·         Grupos e organizações que aderirem serão estimulados e apoiados pela comissão organizadora na organização de atividades locais da Campanha para ampliar a adesão e disseminar ideias e informações. 
·         A Campanha será colaborativa: as pessoas enviam materiais e recebem materiais (como vídeos, estêncil, camiseta, adesivos, panfletos, outros) 
·         A Campanha deve questionar a Política de Segurança e os governantes e não atos específicos de policiais de forma a não colocar em risco seus participantes. Cuidado com enfrentamentos, para os quais não temos condições de garantir a integridade física. 
·         No entanto serão divulgados canais de denúncia seguros para quem tem casos e pretende denunciar. É preciso verificar, mas possivelmente Defensoria Pública e Min. Público Federal seriam canais. 
·         Criar página no Facebook que funcionará como um mural para que as pessoas coloquem colaborações. 
·         A organização da Campanha deve ser capaz de articular com instâncias formais como: Defensoria e Ministério Público Federal, Conselho Nacional de Juventude, Plano Nacional de Enfrentamento do Genocídio da Juventude Negra, OEA, entre outros.
 ·         Na sexta feira dia 6, membros da comissão vão fazer uma reunião de trabalho em sala da Ação Educativa para avançar antes do próximo encontro. Sugestão: fechar uma listagem de reivindicações até sexta para que este grupo organize e monte o questionário. (Há um tutorial de como fazer o questionário no endereço: http://antoniopassos.com/blog/
?p=146).
 ·         Dia 15 de agosto, 18:30hs próximo encontro da Comissão da Campanha na Ação Educativa. Para este dia é necessário trazer membros de outras organizações que atuam com a questão, como: Educafro, Uneafro, Geledes, APJN, Pastoral da Juventude, Mães de Maio, Comitê de Enfrentamento do Genocídio da Juventude Negra, etc. Também chamar outras organizações de grande representatividade que tenham interesse. Favor indicar quem você poderá convidar.
 ·         Levantar as instituições que participaram da audiência pública do MPF para fazer convite.

Nenhum comentário: