Translate

terça-feira, 17 de julho de 2012

POLITICAS DE ESTADO TERRORISTA LEGAL.



Rapper Pirata

A intenção dos grupos do Fórum Hip Hop Municipal SP, que tem uma parceria com o GT de Juventude Nossa São Paulo, é realizarmos entre instituições e pessoas que estão na luta contra o Genocídio, Extermínio da juventude principalmente a negra e moradora da periferia, ação histórica e perversa das administrações dos estados da federação.
Dialogaremos com as instituições e movimentos para unirmos com o foco de realizarmos uma campanha, que tem o principio encontrar o viés comum entre todos que agem na área da juventude e humana. Para juntos mobilizarmos, denunciarmos e agirmos e frearmos como sociedade civil e responsabilizarmos os atores propagadores dessa ação conjunta do estado transformada em politica pública de morte e higienização. principalmente moradores dos bairros da periferia da cidade de São Paulo e estado aumenta, sem percebermos nenhuma ação da administração atual do estado de São Paulo, que justifica as mortes e prisões como sua luta contra o crime em defesa de cidadãos de 'bens'..
Depois de maio 2006 intensificou-se o combate as drogas, onde as vitimas são os réus a serem eliminados por essa politica de segurança. Então a sociedade com medo, não percebe que veem-se firmando a volta da ditadura militar quando havia esquadrões da morte formados por agentes da segurança pública. Os tais carros pretos e homens encapuzados aterrorizam os pobres. Dispara as chacinas, que não são resolvida por omissão da administração pública e encoberta por setores do judiciário paulista. A grande mídia nega-se noticiar tal genocídio, mesmo com as pressões de órgãos de direitos humanos internacionais, nacionais e movimentos denunciando. Este tipo de posição da mídia brasileira somente é semelhante a sua posição na tal década de ferro da ditadura militar.
Há encarceramentos desenfreados de pessoas das periferia, em diversas fases de sua vida,mas atingindo principalmente aos jovens. Mantendo-se a ideia de punir crianças muitas fezes por erros que são levadas a cometer por suas situação de marginalização. O simples ato de roubar doces, hoje é punido severamente, então crianças de 12 anos cumprem medidas educativas.
Mascaradamente os códigos de leis do país: Direitos Humanos, Constituição, Criminal e Estatuto da Criança e Adolescente são desrespeitado e mal interpretado pelo judiciário paulista, de forma preconceituosa e racista, enviando moradores da periferia a cumprir sanções como castigos, tirando-os o direito de ir e vir.
A doença da drogadição leva garotos e garotas, que estão dependentes, a assinar boletins de ocorrência em flagrante por tráfico e ainda justificam a execução sumária dos adolescentes por serem traficantes.
Também há uma tal guerra entre a instituição estado e o partido do crime; Ela serve como mote para morte dos jovens. A maioria dos adolescente e jovens não tem envolvimento com atos criminosos, e os que tem, estão sendo até sequestrado para manutenção do sistema de corrupção cultural nas ruas.
Os bairros que estão sofrendo toques de recolher na periferia, não por determinação do partido e sim por ação dos agentes da segurança pública. A Secretaria de Segurança Publica Municipal criada pela gestão Kassab, encoberta, por razão das subprefeituras estarem militarizadas, por agentes da segurança publica aposentados, militarizando as politicas públicas municipais, dando a população a sensação de uma estado terrorista oficial, gestado pela administração pública que a deflaga sua ideologia há quase 20 anos.
Venha participar e agirmos.

Edição do texto:
Vanessa Coutto Soares

SERVIÇO EVENTO

HIP HOP fILMES
"Violência de Estado, extermínio e genocídio da juventude, visões de um mesmo problema"
18/07/2012    QUARTA  AS 19HRS

AÇÃO EDUCATIVA
RUA GENERAL JARDIM, 660
PRX METRO REPÚBLICA







-- 
Oi! Visite.
MY SPACE clique http://www.myspace.com/rapperpirata
Blogger Rapper Pirata 
http://rapperpirata.blogspot.com
Orkut clique http://www.orkut.com/Home.aspx?xid=1849091096719757289
FONE: 55-11-8216-2160
EMAIL: rapperpirata@gmail.com

Nenhum comentário: