Translate

sábado, 29 de outubro de 2011

DROGADIÇÃO E O GENOCÍDIO DA POPULAÇÃO NEGRA.


DIVULGUEM E COLEM!

FORUM DE HIP HOP MUNICIPAL SP

ESTARÁ NA USP DIA 03/11/2011


Texto de mediação.

DROGADIÇÃO E O GENOCÍDIO DA POPULAÇÃO NEGRA.
Rapper Pirata – rapperpirata.blogspot.com

O uso ou não de substâncias químicas consideradas como “a droga” transpassa a discussão de informações da sua utilização individual ou não, para se socializar ou não.
Não podemos reduzir os diálogos por instituições falidas, em relação de apoio ao ser humano; Elas são a família, igreja e estado que arrastam há século uma imagem estilhada de serem garantidoras do projeto de homens e mulheres de bens.
O que pretendemos é trocar uma idéia referente o assunto drogas, pela ótica de quem é controlado pelo consumo e é considerado o inimigo. Esse que é estereotipado como traficante, já na razão ele é somente o atravessador do negócio das drogas; Lembrando que esse termo foi utilizado pelos que chamamos de opressores, eles foram os traficantes de escravos. Agora o mercador está na base das relações de trocas de mercadorias, ele que dá à ação do verbo vender, entre a oferta e procura, nesse sistema que é codificado como capital.
Essa idéia do traficante é um dos disfarce do genocídio da população preta (termos utilizado no hip hop, mas negro para muitos) e da periferia, então cria-se o esterótipo do traficante para justificar as ações criminosas constitucionalmente dos agentes do estado. Assim, as mulheres, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos que têm a estética e fenótipos nativos, africanos e nordestinos são os alvos a serem derrubados ou trancafiados nos treinamentos de artilharia das academias militares. Isso também garante a criação falsos paladinos da justiça em camaras, assembleias e senados.
Mas os 'muleques' que sobrevivem na margem do negocio drogas, o maior no sistema do capitalismo, têm que ganharem um troco para comprar os 'báguios da hora'.
Desde o nosso nascimento somos julgados e culpados pela depressão que a miséria nos causa , pior até pelo não desenvolvimento da nação. Essa que obriga o seu dito cidadão ter.
Os meios de comunicação a todo momento transmite nossa imagem como bandidos ou vitimas, deste preconceito ariano; Há um sistema que norteia a mesma história contada de formas diferentes em filmes, propagandas, novelas, sejam elas importada ou nacional. Tá os trabalhadores dos guetos, da periferia ou ruas representados como os bárbaros que vão contra a donzela branca da sociedade, que quer sua poeira branca para viajar em outra dimensão.
Assim é mais fácil não garantir a distribuição da renda a todos 190 milhões de pessoas, estereotipando alguns como inimigo. Então um juiz oriundo da minoria branca, que detém os recursos do estado brasileiro,  somente tem que bater o martelo condenando a vítima, sem ter o minimo de rancor e ética. Ele não tem a responsabilidade de ser o garantidor de direito, mas um garantidor de riqueza de cidadãos de bens.


--
Oi! Visite.
MY SPACE clique http://www.myspace.com/rapperpirata
Blogger Rapper Pirata
http://rapperpirata.blogspot.com
Orkut clique http://www.orkut.com/Home.aspx?xid=1849091096719757289
FONE: 55-11-8216-2160
EMAIL: rapperpirata@gmail.com

segunda-feira, 24 de outubro de 2011


OPRESSÃO CONTRA EDUCAÇÃO


OPRESSÃO CONTRA EDUCAÇÃO.

Rapper Pirata
rapperpirata.blogspot.com

Para quem não sabe, fique sabendo! A moda da segurança pública na USP é revistar espaço dos estudantes negros e oriundos da periferia para revistas. Deve ser para tirar os livros armas de circulação, que podem criar uma consciência além da meritocracia.?
Ou será que o lance dos oportunistas de colocarem os tiras lá é para oprimir, como fazem na periferia? Hum... Alckrimim em ação. Opressão.
Os que vomitam as questões do movimento estudantil da década de setenta; Manisfestem-se! Ou são outros estudantes de classe diferente?
Falar de educação é fácil, agora ajuda-la ser exercida na prática e é outro lance.
Rapper Pirata além das ruas

domingo, 23 de outubro de 2011

Reuniões


FÓRUM HIP HOP MUNICIPAL SP (URGENTE)
REUNIÃO 25/10/2011  Horário 19hrs
Local: Ação Educativa
rua General Jardim.660
Pauta: Organizar a apresentação no dia 03/11/2011 na USP, cartaz anexo.
Ação da reunião em Perus Quilombaque e zona leste 29/10.

REUNIÃO 28/10/2011   Horário 19hrs
Local Quilombaque
Trv Cambaratiba, 05 
O beco da cultura - Perus
Pauta: Organização para elaboração do projeto Semana de Hip Hop 2012.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Ata da 4ª Reunião de Construção do Mês da Consciência Negra na USP (MCN) – 19/10/2011


Ata da 4ª Reunião de Construção
do
Mês da Consciência Negra na USP (MCN) – 19/10/2011

Presentes
Representantes das entidades:
NCN
SINTUSP
Sujeito Coletivo
ANEL
ADUSP
Fórum Hip-Hop
Entidades que manifestaram interesse em construir, mas não estavam presentes:
EPM
ANPG
DCE-USP
CAELL
UNE / UEE-SP


Informes

Pablito deu informe que ocorrerá uma reunião do Comitê Contra a
Repressão na USP... Terça 25/10 às 17hs no Auditório do CEPEUSP (ao
lado do bloco B do CRUSP)... para tratar das perseguições do Reitor
contra membros da Coordenação do SINTUSP.

Leandro deu informe sobre a Reunião do NCN com a Reitoria da USP,
representada pela Comissão De Políticas Públicas para a Inclusão
Social, na qual se discutiu a assinatura de um convênio para a
preservação do espaço do NCN. A situação atual é que a Reitoria está
pressionando o NCN para assinar o convênio, no entanto o NCN pode vir
a perder a autonomia de atuação política e o convênio não garante o
espaço.


Pauta Discutida na Reunião

Participação das entidades no Mês da Consciência Negra na USP

27/10
Mediador – Leandro Salvático
Fala de 30min. cada para o Kabengele e a Leci
Participação de todas as entidades presentes com falas breves de apoio
à pauta étnica-racial e ao NCN.

03/11
Mediador Rapper Pirata
Apresentação do Filme ~ 2hs
Fala de 10min. cada participante seguida de debate aberto ao público

09/11
Mediadora Rosangela Sarteschi
Fala de 10min. cada participante seguida de debate aberto ao público

09/11
Mediadora Zezé
Fala de 10min
Participação de todas as entidades presentes com falas breves de apoio
à pauta étnica-racial, ao NCN e abertura de diálogo acerca da atuação
do Comitê Pró-Ações Afirmativas nas Universidades Paulistas.
Fala de ~5min por entidade.


Divulgação do Mês da Consciência Negra na USP

Tarefas:
Érica – Vai re-estruturar o site e o Facebook do NCN
Tod@s – Divulgar nos seus respectivos websites e boletins (DCE,
SINTUSP, ADUSP, UNEafro, UNE, UEE-SP, ANPG, CAELL, ANEL, Fórum
Hip-Hop, outros parceiros)

Divulgação COLETIVA
•       Agendado mutirão nesta SEXTA às 16hs no NCN para colagem de cartaz;
•       Agendaremos outras datas no decorrer da próxima semana para
panfletagem nos bandejões;
•       Cartazes e panfletos estarão disponíveis no NCN para tod@s pegarem o
que for necessário.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

PARTICIPAÇÃO DO FÓRUM NO EVENTO NA USP

O FÓRUM DE HIP HOP ESTARÁ NO DIALOGO "DROGADIÇÃO E O GENOCÍDIO DA JUVENTUDE NEGRA" 
PARA CHEGAR NO LOCAL É  SÓ PEGAR O METRO PRIVATIZADO LINHA AMARELA NA LUZ OU REPUBLICA E DESCER BUTANTàE PEGAR UM ONIBUS OU PEGAR QUALQUER ONIBUS QUE ENTRA NA CIDADE UNIVERSITÁRIA EM ALGUMA PARTE DA CIDADE SP. DESCER NO PONTO DOS BANCOS, IR EM SENTIDO DA ECA E ENFRENTE FICA OS BARRACÕES E LÁ ESTÁ O NUCLEO DA CONSCIENCIA NEGRA DA USP.
AGUARDAMOS VOCÊS LÁ, LEMBRO TERÁ MICROFONE PARA RIMAR E APRESENTAÇÕES TAMBEM.
FALO! RAPPER PIRATA





quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Ata da Reunião com Coordenadoria


MOBILIZAÇÃO PARA A SEMANA DE HIPHOP - PLANO DE AÇÕES LOCAIS
CONHECER O HISTORICO LOCAL
ABORDAGENS / ESTRATÉGIAS
LEITURA DO TEXTO DO FOLDER
NÃO É UMA SEMANA DE ESPETACULO, E SIM UMA SEMANA DE REFLEXO DA SOCIEDADE

1 DATA 28 OESTE OUTUBRO

2 DATA 29 LESTE OUTUBRO

3 DATA 05 BRISTOL  NOVEMBRO

4 DATA 12 CCJ NOVEMBRO

5 DATA 19 PARELHEIROS NOVEMBRO

6 DATA 24 CENTRAL NOVEMBRO  Coordenadoria de Juventude ´Rua Libero Bardaró, 119 horário 19hrs

Coordenadoria de Juventude ´Rua Libero Bardaró, 119 horário 19hrs
7 DATA 08 CENTRAL DEZEMBRO   

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Informações enviadas para Coordenadoria de juventude para criação do folder

Olá!
Lucia apartir do dialogos com o Divanir estou enviando informações para criação do folder, deixamos que a criação de vcs façam o padrão gráfico certo.
Sou grato por mais uma vez
Rapper Pirata
82162160



Formato Folder
Quantidade: 5.000

Arte pode ser realizada por vocês.
Logo Fórum está  em jpg anexo.
Texto convite abaixo e a lei tbm.

Valeu
Rapper Pirata



Texto convite

Os Encontros “Projeto Semana de Hip Hop 2012” é uma parceira Coordenadoria da Juventude, da Secretaria de Participação e Parceria organizado juntamente com Fórum “Hip Hop  Municipal SP”, em um formato pioneiro público e sociedade civil. A administração municipal que abriu  a se  discutir a  políticas públicas Lei 13.924/2004 que dispõe sobre a SEMANA DO HIP HOP. Os encontros serão quinzenais, e às vezes semanais, irá discutir uma série de propostas, com representantes do Poder Público, jovens e organizações do Movimento Hip Hop. 
Encontros quinzenais nas regiões e quinzenalmente na Secretaria de Participação e Parceria – Rua Libero Badaró, nº 119.

Locais propostos
Zona Norte - CCJ (ver datas)
Zona Oeste - Quilombaque (ver datas)
Zona Sul – Casa de Cultura Amarela
Zona Sul - Parelheiros
Zona Leste – Centro de Juventude Cidade Tiradentes ou em São Mateus


A Lei
Lei 13.924/2004 que dispõe sobre a SEMANA DO HIP HOP. 

"Institui a Semana do Hip Hop nos Órgãos Oficiais do Município de São Paulo. 

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DECRETA: 

"Art. 1º - Passa a fazer parte do calendário de comemorações oficiais nos órgãos públicos municipais a "Semana do Hip Hop" a qual deverá ocorrer na segunda quinzena do mês de março de cada ano, na semana em que incidir o dia 21 de março quando se comemora o "Dia Internacional de Luta Contra a Discriminação Racial. 

§1º - As comemorações referidas no "caput" deste artigo deverão abranger representantes do movimento Hip Hop, através dos seus quatro elementos Break, Graffit,Dj e Bboys,ativistas de organizações não governamentais que desenvolvem trabalhos sociais voltados a combater o racismo, alunos da rede municipal de ensino e compreenderão entre outros, atividades culturais que divulguem o Hip Hop, bem como atividades que desenvolvam a compreensão sobre o papel da juventude afro- brasileira e da periferia, rompendo preconceitos e idéias estereotipadas. 

§ 2º - O disposto no parágrafo anterior poderá ser extensivo aos usuários dos órgãos da Administração Municipal. 

Art. 2º - A preparação das atividades desta Semana deverá ser feita conjuntamente com o poder executivo, legislativo, representantes do movimento Hip Hop e com todos as organizações não governamentais do Município, que tratam a luta anti-racismo. 

Art. 3º - As despesas decorrentes da presente Lei correrão por conta dos recursos orçamentários próprios. 

Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. 

Art. 5º - Ficam revogadas as disposições em contrário. 

Às Comissões competentes."



quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Ata de reunião do Fórum Hip Hop 06/10/2011



Morro Doce dia - 12/11/2011 - Ice Boy irá marcar.


Movimento Sem Teto  ocupação Máua  - 16/10/201 - Rapper Pirata irá marcar.


Porão Universidade de Direito São Francisco - 20/10/2011 - Rapper Pirata irá marcar.


USP Nucleo da Consciência Negra - 28/10/2011 - Fechado participação do Fórum.


Reunião com Coodenadoria de Juventude- 13/10/2011  19hrs00 - rua Libero Badaró, 119


Reunião Marcha da Consciência Negra - 11/10/2011  19hrs - Boulevard São João, 313 11º

Fotos de Ações do Fórum imagens Malves

 Reunião Semana Hip Hop 2012

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea Fórum

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea

Extremos Leste Cartel gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Fantasma Vermelho gravação da coletanea

Rapper Pirata gravação da coletanea

Rapper Pirata gravação da coletanea

Rapper Pirata gravação da coletanea

Rapper Pirata gravação da coletanea

Luiz Lobato e Cesão produtor gravação da coletanea

Luiz Lobato e Cesão produtor gravação da coletanea

Luiz Lobato e Cesão produtor gravação da coletanea

Luiz Lobato gravação da coletanea

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

 Reunião Semana Hip Hop 2012

segunda-feira, 3 de outubro de 2011


Participação do Forum de Hip Hop Municipal no 2 de Outubro 2011. Parque da Juventude CARANDIRU! Nunca Mais...

Passaram-se 19 anos e erros do passado não foram reparados. 
Erros de um Sistema falho, de opressão, de injustiça e muita negligência... 
Passaram-se 19 anos e no mesmo lugar onde houvera um massacre, hoje movimentos sociais, culturais e religiosos diversos, vieram manifestar sua insatisfação pela falta de justiça, contra os verdadeiros culpados. Num lugar que outrora abrigava o maior presidio do Brasil, hoje é uma praça para abafar no tempo o esquecimento de 111 mortes, em um dia como esse 2 de Outubro de 1992  Só que todos sabemos quem são os culpados... Alguns nomes são apontados  Ubiratan Guimarães, conhecido como Coronel Ubiratan, ou mesmo Luiz Antônio Fleury Filho (PMDB), na época governador do Estado de São Paulo. 
Na mente dos ditos militares, a violência é a única forma de controle. Hoje ainda se perdura essa dita e maldita violência militar nas periferias de Sampa. Em 2006 tivemos outra página trágica dessa história de terror protagonizada pelo cujo, ESTADO autoritário e repressor. 
O que lutamos é por reparos, indenizações e justiça... Enquanto não houver! O que fazemos não será feito apenas, ARTE pela ARTE. E sim luta social e cultural pela vida e mais dignidade.